Case BIM da Prefeitura de Florianópolis em Santa Catarina

A Escola do Futuro da Prefeitura de Florianópolis, localizada na Tapera, foi tema do 1º Congresso Nacional BIM CREA-SC. O tempo de execução da obra que era de 24 meses, foi entregue em 12 meses gerando economia para a prefeitura e benefícios para a comunidade local.

Curtir

A escola foi entregue em fevereiro de 2020 e já recebeu os alunos e professores para o inicio do ano letivo. 

“A modelagem em BIM possibilitou o ajuste dos projetos em todas as áreas da obra, permitindo a descoberta de eventuais inconsistências antes da licitação e execução. Com essa metodologia, todo processo construtivo torna-se mais eficiente e a resposta para a sociedade é sempre melhor”, explicou Luciano Formighieri, secretário adjunto de Educação.
 


PIONEIRISMO

O projeto da escola de Tapera, foi planejado e projetado usando a tecnologia BIM e a partir de uma modelagem virtual,  a obra está sendo executada sem interrupções, sem aditivos e de forma ágil, a ponto de permitir a antecipação da conclusão dos trabalhos em quase um ano.

 

Veja o vídeo:


A metodologia BIM reduziu os desperdícios e evitou desgastes. Com esse projeto a Prefeitura de Florianópolis foi a primeira do Estado a colher um resultado gerados pelo uso da tecnologia.


BENEFÍCIOS

O uso do BIM gerou vários bebefícios:

  • Detectou 286 erros de projeto;
  • Permitiu o estudo e a aplicação das soluções necessárias antes do início das obras;
  • Eliminou a necessidade de aditamento do contrato; 
  • Permitiu o acompanhamento em tempo integral;

  • Reduziu o tempo de execução da obra;
  • Reduziu custo com mão de obra;
  • e gerou transparência na execução da obra.
 


 
A partir de 2021, todas as obras executadas com recursos federais terão de usar essa metodologia

A tecnologia BIM permite criar digitalmente modelos virtuais precisos para uma construção e fiscalizar a obra em todas as etapas, inclusive antes que ela comece a ser executada.

O que era manual e depois feito em 2D, agora é modelado em 3D, identificando inconsistências e erros que tendem a retardar e aumentar o custo do projeto.

Os modelos gerados por computador contêm geometria e dados necessários para o apoio às atividades de construção, fabricação e aquisição por meio das quais uma obra é realizada.


O uso d BIM está cada vez mais presente no setor da construção, principalmente por sua capacidade de solucionar problemas enfrentados há muitos anos nessa indústria, integrando todos os dados em um único local e facilitando o compartilhamento do projeto entre diferentes profissionais durante o processo de construção, como arquitetos, engenheiros, projetistas, fornecedores de materiais, gerentes ambientais e clientes.
 

O PROJETO


Em um terreno de quase 8 mil metros quadrados de área, localizado na Rodovia Açoriana, a Escola da Tapera é o primeiro estabelecimento municipal neste bairro do Sul da Ilha. A área construída é de 5.432,57 m².
 


Orçada em R$ 11 milhões e 785 mil, a nova estrutura conta com 13 salas de aulas, acolhendo 520 estudantes do primeiro ao nono ano do ensino fundamental e Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA). 
 


O secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, lembra que a unidade educativa terá em seu currículo escolar, o ensino quadrilíngue, onde os estudantes poderão aprender português, inglês, libras e linguagem tecnológica.

Além da proposta curricular da rede municipal de ensino, os estudantes terão aulas e projetos voltados para áreas específicas, como Clube de Esportes, Clube do Empreendedor, Clube de Ciências e Robótica, entre outros.
 

A experiência desse projeto foi um marco para a administração pública de Florianópolis e certamente será compartilhada com municípios catarinenses e municípios de todo o Brasil.

Fontes:

https://www.imagemdailha.com.br/blog/escola-municipal-e-apresentada-como-case-em-encontro-nacional-de-arquitetos-e-engenheiros.html
https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/especial-publicitario/prefeitura-municipal-de-florianopolis/florianopolis-uma-cidade-para-todos/noticia/2020/02/20/prefeitura-de-florianopolis-utiliza-tecnologia-pioneira-e-antecipa-entrega-de-obra-em-12-meses.ghtml